JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.
ir para o topo

UFMG alerta para risco de aumento do consumo de drogas/álcool

O aumento do consumo de álcool neste período de isolamento social acende o alerta para o risco da dependência química. A informação é do professor do departamento de saúde mental da Universidade Federal de Minas Gerais, Frederico Garcia.

Quando o isolamento social foi anunciado como medida para conter a disseminação da covid-19 no Brasil, ficou mais comum postagens em redes sociais de pessoas ingerindo bebidas alcoólicas ou fazendo menção a isso. O hábito de tomar uma cerveja, uma taça de vinho após o expediente ou durante uma live do artista favorito, segundo mostram as publicações, tem se tornado constante.

Para Frederico Garcia, com esses momentos de grande tensão, de grande estresse, grande incerteza, a gente fica mais frágil, mas é importante buscar outras formas para aliviar a angústia e o estresse e manter uma regularidade no ciclo.

Uma tentação que vai surgindo aos poucos é a ideia de que a gente pode aliviar as preocupações com consumo de álcool. Isso muito preocupa a gente que trabalha com dependência química porque é nesses momentos de grande tensão, de grande estresse, que a gente fica mais frágil e mais vulnerável para se tornar dependente químico.

Garcia ainda chama atenção para os casos em que as pessoas já têm o hábito de beber muito, de beber regular ou de usar alguma droga.

“Às vezes pela privação, a falta dessa droga por causa da questão do isolamento, vão ter sintomas de abstinência e esses sintomas são caracterizados pelo aumento da irritabilidade, dificuldade de dormir, impaciência, até agressividade”, explica.

A dica para quem encontrou no álcool um companheiro diário para aliviar a tensão é manter regularidade no ciclo de acordar e dormir, evitar assistir televisão a noite toda e usar menos as redes sociais. “Manter um ritmo, de acordar, de dormir, de comer, fazer uma agenda toda segunda-feira para ter o que fazer ao longo da semana e praticar atividades físicas, que é muito importante”.

Fonte: Rádio Itatiaia

Author avatar
RAV - Renovando a Vida
https://renovandoavida.com.br
Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.