ENDEREÇO:
Núcleo Rural Alexandre Gusmão - Gleba 03 Lote 369 Chácara 03 e 04
Ceilandia - Brasília/DF
INFORMAÇÕES DE CONTATO:
[email protected]
Tel: (61) 3375-5578 / 3375-6381
Cel: (61) 98442-3416

Cocaína, álcool e crack são as drogas mais usadas no RJ

Levantamento foi feito entre usuários atendidos pela Sepredeq em 2014. Entre eles, 57,8% usam cocaína, 37,1%, álcool e 21,3%, crack.

Um estudo coordenado pela Secretaria de Prevenção à Dependência Química (Sepredeq) entre usuários assistidos pelo órgão levantou as drogas mais consumidas entre eles no Rio de Janeiro. Segundo o levantamento realizado com 2,9 mil usuários que buscaram atendimento em 2014, o crack é a terceira drogas mais consumidas no estado, atrás apenas do álcool e da cocaína. De acordo com os números, 57,8% usam cocaína inalada, 37,1% são usuários do álcool e 21,3%, de crack.

Sobre os usuários de crack, a maioria é do sexo masculino (79%), não concluiu o ensino fundamental (47%), de cor parda (42,6%), e tem entre 18 a 34 anos (66,2%). Outro dado chama a atenção: 72,9% não mora na rua, embora passe boa parte do tempo nos locais de uso da droga. Os dados foram apurados no Observatório de Gestão e Informação sobre Drogas, ligado à Sepredeq.

Desde a criação da Sepredeq, em 2013, mais de cinco mil usuários de drogas foram atendidos. A rede do Estado conta com 514 vagas para acolhimento de usuários de drogas.

A partir desse mês, o Comitê Estadual de Gestão do Plano de Enfrentamento ao Crack visitará os 13 municípios fluminenses que aderiram ao programa federal “Crack, é possível vencer”. O objetivo é monitorar o que foi feito e ajudar os municípios em seus desafios na implementação do Programa.

Confira os dados detalhados sobre o crack entre janeiro e dezembro de 2014:

Cintra IT - Seu site profissional responsivo! Ligue (61) 98416-7091

Sexo:

  • 79% homens
  • 21% mulheres

Escolaridade:

  • 47% têm o ensino fundamental incompleto
  • 18,2% concluíram o ensino médio
  • 2,4% têm ensino superior

Etnia:

  • 32,8% branca
  • 22,4% negra
  • 42,6% parda
  • 2,2% amarela

Idade:

  • 19,1% tem entre 18-24 anos
  • 22,8% tem entre 25-29
  • 24,3% 30-34 anos
  • 13,4% tem 35-39
  • 10,4% tem entre 40-44 anos

Fonte de Pesquisa:G1

Cintra IT - Tudo para sua empresa ou negócio viver bem na web.

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.