ENDEREÇO:
Núcleo Rural Alexandre Gusmão - Gleba 03 Lote 369 Chácara 03 e 04
Ceilandia - Brasília/DF
INFORMAÇÕES DE CONTATO:
[email protected]
Tel: (61) 3375-5578 / 3375-6381
Cel: (61) 98442-3416

Alcoolismo: veja como identificar

O alcoolismo pode matar e é importante que o dependente se enxergue como um agente em risco de morte, por isso, ao menor sinal de descontrole, é importante tomar atitudes e procurar acompanhamento médico e psicológico.

Em um mundo onde o consumo de álcool é cada vez mais estimulado por propagandas e programas de TV, muitos dependentes não assumem sofrer com o alcoolismo. Por conta disso, as pessoas acabam se sentindo desapontadas quando vão a festas ou reuniões onde não há o consumo de bebidas alcoólicas.

Com tanta normalidade no hábito de beber, como é possível identificar um alcoolista ou se identificar como um dependente químico? Para isso, é importante que o próprio enfermo reconheça sua compulsão. Quando isso não acontece, pessoas próximas e familiares podem ficar atentos a alguns sinais que indicam que é hora de prestar atenção.

Neste momento, a internação em clínicas de reabilitação pode ser a medida mais indicada. É onde o paciente poderá passar por um processo de desintoxicação e reconhecimento de sua condição.

Como identificar o alcoolismo

Se você ou alguém próximo está sofrendo com o consumo excessivo de álcool, é bom ficar atento a alguns sinais que a doença pode enviar. Veja quais são eles.

Cintra IT - Seu site profissional responsivo! Ligue (61) 98416-7091
  • Beber muito para aliviar tristezas e frustrações.
  • Esquecer-se do que aconteceu após começar a beber.
  • Beber cada vez mais para alcançar efeitos que eram alcançados com menos bebida no início.
  • Não conseguir ficar um dia sem ingerir bebida alcoólica.
  • Tentar beber escondido.
  • Sempre querer comprar mais bebidas quando todos já encerraram.
  • Brigar com amigos e familiares por causa de bebidas alcoólicas.
  • Ter problemas no trabalho por não conseguir acordar após uma noite de bebedeira.
  • Gastar mais do que pode e perder o controle do dinheiro cada vez que se ingere bebida alcoólica.

Não é necessário que o dependente apresente todos esses sinais. Em geral, a partir de duas evidências já pode ser considerada dependência ou início de alcoolismo. Ao sinais, o ideal é conversar com pessoas de confiança para chegarem a uma solução.

O que fazer quando o alcoolismo é detectado

Caso a doença seja confirmada, o ideal é fazer com que o dependente reconheça sua condição e procure mudar alguns hábitos e atitudes. Afastar-se de algumas pessoas também pode ser indicado.

Outra medida a ser tomada é começar a participar dos encontros dos Alcoólicos Anônimos, instituição que ajuda dependentes a largarem o vício da doença.

O alcoolismo pode matar e é importante que o dependente se enxergue como um agente em risco de morte, por isso, ao menor sinal de descontrole, é importante tomar atitudes e procurar acompanhamento médico e psicológico.

Cintra IT - Tudo para sua empresa ou negócio viver bem na web.

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.